13 de setembro de 2012

TROMBOFILIA... e prosseguimos na luta pela HEPARINA gratuita!



Quando ainda estava grávida eu fazia o Pré Natal com o Dr. Wilson Ayach (especialista em gravidez de risco e trombofilias)... e em uma das conversas, comentávamos sobre o alto custo das “heparinas”...e  o Dr. disse  q faltava algum Deputado entrar com uma Lei para a disponibilização pelo governo  de heparina para grávidas com trombofilias.

Daí... acabei tendo o aborto e esse assunto ficou guardado... mas... sempre me incomodava, pois, sei o quanto é difícil conseguir esse medicamento ou como no meu caso.. eu tive que comprar por 3 meses. Meu salário ia quase tudo só comprando clexane... rsrsrsrs

Meu esposo trabalha com um Deputado aqui do MS.... e ontem resolvemos conversar com ele.... explicamos a situação e a dificuldade. E ele aceitou em entrar com o pedido de lei na Câmara dos Deputados.

Ontem mesmo, falamos com o Dr. Wilson Ayach, ele disse que irá contribuir com a documentação necessária para ter a base teórica.

O gabinete do Deputado hoje já iria entrar em contato com a clínica do Dr. para ver essa documentação.

Agora.... é orar e pedir a Deus que essa Lei seja aprovada e que as mulheres do MS consigam esse medicamento gratuito... e sejamos exemplos p/ o resto do país.

Atenção meninas do Mato Grosso do Sul... vamos orar!!!!

Quando tiver mais novidades eu conto!

bjs



Para aquelas que ainda não sabem o porquê devemos usar a heparina.... é o seguinte:


As Trombofilias são divididas em hereditárias e adquiridas. Eu, tenho as duas.. rsrssr.

A diferença é que a genética é conseqüência de mutações e/ou deficiência na produção de anticoagulantes naturais (Proteína C, Proteína S, Antitrombina) ou de substâncias sintéticas que influenciam na coagulação. Já a trombofilia adquirida pode ocorrer quando o paciente se torna obeso grave, diabético, sedentário ou passa por imobilização prolongada (viagem aérea com mais de 10 horas sem a movimentação adequada), uso de anticoncepcionais orais, reposição hormonal, câncer e alguns distúrbios da imunidade.

Na gestação, podem ocorrer sérias complicações, como retardo do crescimento intrauterino, morte fetal, pré-eclâmpsia severa de início precoce e descolamento de placenta.

A trombofilia é um problema grave de saúde e precisa ser tratada o mais rápido possível. Se ignorada, pode trazer sérios problemas para a mãe e até causar a morte do bebê. O risco é que os coágulos obstruam os vasos sanguíneos, causando o entupimento das veias dos pulmões, coração e cérebro materno, como também obstruindo a circulação na placenta, e para de levar sangue e nutrientes para o feto e estruturas importantes entre a mãe e o feto.

Boa parte das pacientes não apresenta qualquer episódio de trombose. Nesse caso, a doença se mostra em função das complicações na gravidez. Se algo parecido já tiver acontecido com alguém da família ou se a mulher apresentou quadro de trombose com uso de anticoncepcionais hormonais, a atenção deve ser redobrada.

Prefiro considerar a gestação portadora de Trombofilia como uma gravidez especial. Não só porque na maioria das vezes a gestação vem depois de duas perdas ou é primeiro filho. É que a fase deve ser monitorada com mais intensidade. Além disso, a rotina do pré-natal tem um detalhe a mais: todo dia a gestante aplica em si mesma uma injeção de heparina para evitar a formação de trombos e controlar a coagulação do sangue em níveis normais.Essa é uma das partes do tratamento para trombofilia na gravidez. Para quem jamais ouviu falar no problema, soa estranho. O fato é que a heparina ajuda na coagulação do sangue e é fundamental nesse processo. Esse tipo de tratamento começa antes mesmo da gravidez, prossegue durante toda a gestação e pode se estender até depois do parto.
Mesmo com o tratamento, a gravidez é de risco. A boa notícia é que, devidamente assistida, as chances de sucesso são de 90% a 94%. O primeiro passo para se chegar ao diagnóstico é uma boa conversa com o médico. Em seguida, vem a bateria de exames.
Infelizmente, o custo dos exames utilizados no diagnóstico ainda é extremamente alto. Na rede privada, alguns exames ainda não são cobertos pelas operadoras de planos de saúde, o que não deixa de ser uma dificuldade para o diagnóstico.
Outro problema é o alto custo das medicações, e o incômodo das injeções subcutâneas até duas vezes ao dia.
No meu caso, eu tomei todos os cuidados necessários, tomava 40mg de clexane por dia, ASS Infantil e outros medicamentos, mas mesmo assim eu tive o aborto... e agora estamos investigando outras possibilidades!
Mas... creio que fui um caso à parte... e ainda confio na eficácia da heparina.
Já ouvi e li muitos relatos de sucesso!

Deus abençoe!!

bjs




-->

14 comentários:

  1. oi minha querida...obrigado pelo teu carinho viu...torço por vc tbm e muito...bjinhos se cuida ta bom...bjinhos..fik com Deus

    ResponderExcluir
  2. Querida acabei de conhecer seu blog,ele é lindo!!!!
    adorei!!
    Que o Senhor abençoe,este procedimento que vcs vão fazer e lhes conceda um bebe lindo e saudável!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá meu nome é Kelly, tenho um bebê de 1 ano e 3 meses a idade que ele está hoje. Sou do RJ e moro em Florianópolis, aqui eu acompanhei a minha gravidez que também foi de alto risco na maetrnidade Carmela Dutra, tomei a heparina ( gratuita )e mesmo assim tive trombofilia na gravidez. Eu depois de alguns dias que eu ganhei o Esteban fiquei internada em outro hospital com trombose e tomei clexane tudo gratuito. Tive que tomar 16 injeções, eram 2 por dia. Graças a Deus meu bebê está saudável!
    Deus vai te dar outro bebê, não desista! Tenha fé! Eu esperei 3 anos e pouco, mas o meu milagre chegou! Que Deus te abençõe!!! Jana fiz um blog, ainda não está como eu quero porque estou aprendendo, se quiser visitar é: Esteban Milagre de Deus
    Se você puder me ajudar com dicas de como fez o seu blog, pois achei muito lindo, eu agradeço.
    Deus vai te dar o seu bebê na hora dele, pode confiar! Eu ficava muito anciosa para ter um bebê e meu marido fez uma campanha de 40 madrugadas em oração, quando terminou a campanha no mês seguinte eu engravidei. Não desista nunca, tenha fé em Deus! Vc é evangélica? Eu e meu marido somos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Em SP a heparina injetável é disponibilizada pelo SUS. O processo é simples, entramos com pedido através de uma solicitação administrativa (e não solicitação de medicamente de auto custo), com um formulário padrão que eles fornecem, preenchido pelo médico da paciente. Providenciamos cópias do US, e demais exames que comprovem a possibilidade de trombofilia, e depois de 15 dias, o medicamento já está disponível. Sendo fornecido durante toda a gestação. Para maiores informações, entre em contato direto com o posto, segue dados: AME Maria Zélia / SPDM sau.farmacia@amemz.spdm.org.br /Telefone: 3583-1811. Abraços,

    ResponderExcluir
  5. olá, estou vendendo 02 caixas com 10 seringas de Heptron (Enoxaparina sódica) de 40mg que sobrou do meu tratamento, venc. 02/2014, quero R$ 100,00 em cada caixa! Sou de Santo André - S.P.
    marcia_bueno2000@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. olá, estou vendendo 02 caixas com 10 seringas de Heptron (Enoxaparina sódica) de 40mg que sobrou do meu tratamento, venc. 02/2014, quero R$ 100,00 em cada caixa! Sou de Santo André - S.P.
    marcia_bueno2000@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  7. olá, estou vendendo 02 caixas com 10 seringas de Heptron (Enoxaparina sódica) de 40mg que sobrou do meu tratamento, venc. 02/2014, quero R$ 100,00 em cada caixa! Sou de Santo André - S.P.
    marcia_bueno2000@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu também fui paciente do Dr Wilson...e como vc. também fiz o uso da heparina diariamente...consegui através da Defensoria Pública, e graças a Deus consegui ganhar as heparinas, para uso até os 40 dias após o parto...e graças a Deus minha filha hoje está com 6 meses e muita saúde...agradeço também ao Dr. Wilson que me ajudou muito e me atendeu super bem no Hospital Universitário....tenho certeza que logo, logo vc. também estará conseguindo ter seu bebe tão esperado. bjs.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Jana, tudo bem??? Sou de Sonora região norte de MS, descobri a trombofilia depois de 2 abortos. Estou pensando em tentar novamente, tenho consulta este mês e fazer aquele monte de exames. Parabéns pela gravidez \o/ ... como está fazendo com clexane, está comprando ou conseguiu de outra forma??? Gostaria de uma dica... obrigada desde já... bjão... E-mail: danieandres@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Oi criei um grupo no face que se chama Banco solidário de heparina/enoxaparina sódica quem quiser participar só pedir que add https://www.facebook.com/groups/397895423745371/

    ResponderExcluir